Pular para o conteúdo

Palavra do Presidente


Com a Palavra, o Presidente:

Caros membros associados da IPA Brasil,

           Retomo a palavra após o retorno do Congresso Mundial da IPA (IPAWC2018) que ocorreu neste mês de setembro passado em Rotterdam/ Holanda, pelo fato de haver a necessidade de possuir, como em uma consulta médica, o diagnóstico final de que o “mal” foi extirpado, após passados o período de recuperação da entidade dos fatos que a IPA Brasil sofreu por atos intestinos em que acredito que é de cansativa ciência dos associados, e que no momento não mais vale a pena reportar, são águas passadas. Neste novo tempo, lhes asseguro que a nova IPA no Brasil já é uma realidade, e mais, com a certeza que em sua terceira e última etapa de reengenharia a ser efetivada diante do Plano de Gestão Estratégica da Entidade, que ocorrerá no “Ano Phoenix III” (2019), a sua cimentação e os seus alicerces estarão tão sólidos que desafiamos um “tsunami” sem preocupação.

           Como acima abordado, em que essas palavras foram reservadas para após o IPAWC 2018, em primeiro é importante trazer uma breve retrospectiva do que no congresso ocorreu para analise e conclusões dos colegas associados.

  1. No 63º Congresso Mundial da International Police Association (IPA)  que ocorreu de 18 a 23 de setembro deste ano, na cidade de Rotterdam/ Holanda, o Brasil fez-se representar por uma Delegação composta de 30 membros, tendo em plenária a sua representação composta de um Delegate (Presidência) e dois Observers, sendo o presidente Regional da IPA Goiás e um membro do Conselho de Ética da IPA Brasil eleito na AGE de novembro de 2017.
  2. O Congresso com a participação de 64 países ocorreu no salão de eventos do histórico e antigo navio cruzeiro SS Rotterdam, da Holland-América, conhecido como “A Grande Dama”, que se transformou em um hotel e fixa-se perto do Porto de Rotterdam, na região de Katendrecht, na cidade de Rotterdam desde 2010.
  3. No Congresso a Seção Brasil atendendo solicitação do Bureau Executivo Internacional diante da Agenda do evento sob o número 7.2.7, efetivou uma explanação sobre o processo eletivo e a situação atual da IPA Brasil, apresentada a citada resenha através de vídeo.
  4. Em plenária, a Seção Brasil defendeu sua candidatura para sediar o Congresso Mundial da IPA no ano de 2021, a qual foi aceita para o ano de 2022, quando a IPA no Brasil irá comemorar o aniversário de seus 60 anos. No Congresso da IPA que ocorrerá em 2019 na Croácia, ocorrerá a votação de aprovação da indicação do Brasil para promover o 67º IPAWC 2022. A Moção nacional para a votação já foi apresentada para o IAC-IPA.
  5. A IPA Brasil foi outorgada com a classificação ouro, na avaliação de melhor Portal (Web Site) da IPA no mundo, recebendo a certificação no momento solene de encerramento do Congresso. Tenho orgulho do nosso Portal (www.ipa-brasil.org), pois de fato é um dos melhores no contexto da IPA. Aqui, alerto aos associados que existe no Brasil um plágio de nosso site com a denominação: ipa-brasil.org.br, o qual já acionamos para extirpá-lo do contexto.
  6. Na competição mundial de vídeo institucional da IPA, a Seção brasileira logrou alcançar a  4ª colocação, um feito inédito  para sua participação em primeira vez, quando em colocação superior encontrou-se a Seção da Rússia (1º lugar),  Israel (2º). O vídeo nacional foi produzido pela IPA Brasil Mídia sob a coordenação do membro Fernando e encontra-se disponível para visualização no nosso Portal.
  7. Durante o evento a IPA Brasil distribuiu o seu Magazine IPA Brasil que culminou com inúmeros elogios pela qualidade de produção e matérias, mas sucesso foi quando da apresentação do livro “Cadê minha Mãe”, de cunho psicopedagógico na questão da problemática penitenciária nacional quando um menino tem a sua mãe presa. O livro de autoria da nossa Diretora de Assuntos Acadêmicos, Giulieny, foi de fato muito elogiado pelos membros da IPA no mundo pela iniciativa e trabalho apresentado, inclusive, recebeu uma manifestação de referência por parte da Comissão Sócio Cultural da IPA.
  8. Em fecho, a Seção Brasil fechou com “chave de ouro” sua participação no 63º IPAWC com a premiação de a mais “amikeco” Delegação, onde todos os membros da delegação foram medalhados pela IPA Holanda. De fato, foi o congresso da IPA Brasil, e atento que tal alegação não é nossas e sim de participantes do evento.

           Ressalvo que as ações da IPA Brasil neste período não ficaram somente encimadas no Congresso Mundial da IPA, pois a reengenharia desencadeada já nos proporcionou uma nova e belíssima sede nacional, a materialização da nossa IPA Travel, e a criação do Instituto IPA Brasil que vem a todo vapor produzindo ações de apoio na gestão da IPA Brasil, entre essas, a exemplo, proporcionar que a International Police Association Brasil Section –IPA Brasil fosse outorgada pela Associação dos Diplomatas no Brasil em evento especial denominado: “The World in Brazil”, na data de 12 de setembro de 2018. O Evento ocorreu no salão de eventos Espaço da Corte na capital do País com a presença de 135 embaixadas, além de empresários, membros de organismos internacionais e autoridades do poder executivo nacional. O Ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, em manifestação no evento, foi claro em dizer que são ações deste tipo é o que o Brasil precisa para integrar-se no contexto internacional e avançar junto com este. Agradeceu a Associação dos Diplomatas pela a iniciativa e o inusitado apoio da International Police Association.

           Neste diapasão de atividades saboroso foi ver a edição do período do nosso Magazine IPA Brasil, uma vez que a edição trouxe uma retrospectiva de todas as ações desenvolvidas na 1ª etapa de nossa reengenharia denominada “ Ano Phoenix I”, além de matérias importantíssimas para o contexto policial nacional. Saboroso também, foi ver que a primeira apresentação do Projeto da IPA Brasil denominado: “A Polícia do Futuro” em que traz para a operacionalidade policial nacional o uso de drones, já se tornou de interesse de instituições da segurança publica no País, e instituições correlatas,como a INFRAERO, IBAMA, e outras.

           Antecipo nessas palavras a agradável surpresa que o nosso Encontro de Confraternização de 2019 já se encontra pronto e para divulgação, inclusive com o seu titulo: ENCONFRATER – MACHU PICHU, onde neste faremos a primeira ação de integração de IPAs Sulamericanas (Brasil e Peru).

           Em fecho, ressalto que os resultados das eleições 2018 para o Congresso nacional foram além de satisfatórios para a IPA, pois além da satisfação de haver um grande número de policiais eleitos, possuímos dentre esses três senadores membros da IPA e 09 deputados federais, sonho para uma futura e importante bancada da IPA Brasil.

           O nosso trabalho continua, pois temos muito ainda a fazer, pois de fato o nosso objetivo final é concretizar a visão de um grande incentivador da criação da Seção Brasil da IPA, o Sr. Meridith Austin,  membro da Seção Britânica e Secretário Associado para as Américas Central e do Sul, que em carta datada de 9 de Janeiro de 1961, disse:


 “Mr. John Strongov,
Rua Dr. Artur Assis, 56, Apt 68, Santos E.S.P. Brasil.

Caro John,
           Eu tenho conversado com o Secretário Geral Internacional, Arthur Troop, que me informou que ele recebeu um Cartão de Natal de você, e ele me disse o quanto estava satisfeito em recebê-lo.

           John, você parece estar muito interessado na International Police Association e, portanto, estou lhe escrevendo para ajudá-lo a formar uma Seção Brasileira, há muito tempo venho tentando conseguir isso. Há um número suficiente agora no Brasil para formar uma Seção sua, e há todas as oportunidades para o Brasil ser uma da maiores e mais entusiastas do mundo, eu sou sincero sobre isso John."

         (Tradução IPA Brasil)

 “Servo Per Amikeco”  (Serviço Através da Amizade).


                                                                   Joel Zarpellon Mazo
                                                       Presidente da IPA Brasil


                                                                                                          
                                                                                                                               Joel Zarpellon Mazo
                                                                                                                           Presidente da IPA Brasil